Meio sombrio, meio bagunçado

TV on the Radio

Eu costumo me apaixonar por bandas que não sei descrever. Mais uma vez é isso que me aconteceu com TV On The Radio, uma banda americana que descobri de repente e me apaixonei por não conseguir decifrar que tipo de som eles faziam.

Com quatro álbuns lançados e alguns EPs, é difícil encontrar no Brasil para comprar um CD, mas quem ainda compra CD? Eu sei que parece até sacana falar assim, mas é a verdade, se eu ainda dependesse dos CDs para descobrir bandas, provavelmente estaria falida de tanto comprar coisas no eBay. De qualquer modo consegui escutar o som deles graças ao MySpace e simplesmente pirei. Um som eletrônico com misturas de rock alternativo, free jazz e soul. Uma batida que deixa qualquer pessoa que escute um pouco louco.

Não é o tipo de música de cantar junto, mas é o tipo de música que eu considero para deitar no chão, acender um cigarro (caso você fume), tomar algo alcoólico e ficar olhando para o céu cheio de nadas.

O primeiro album da Banda, não cheguei a escutar, logo o segundo, Ok Calculator, não é um dos melhores, para ser sincera se eu tivesse conhecido a banda por esse álbum, não teria gostado. Mas graças a Deus conheci a banda pelo Return to Cookie Montain, que conta com músicas incrivelmente perturbadoras e boas, como minha predileta “A Method”, eu descreveria essa música como macabra pelo seu começo com assobios e o estilo da batida. E a música mais importante do CD “Wolf Like Me”, que se não me engano foi trilha sonora do filme O Invisível. Além disso o CD conta com a participações de Nick Zinner (Yeah Yeah Yeahs) e David Bowie.

Logo o último CD, Dear Science, para mim é um dos mais geniais, não sai de meu celular e é uma das primeiras coisas que coloco para escutar quando quero desenhar, pintar e escrever, é o CD com mais batida e mais sonoridade, ainda com o tom maluco, mas muito mais trabalhado que os outros. Tão bem trabalhado que foi considerado o melhor álbum de 2008 pela Rolling Stone e por várias outras fontes importantes de música dos Estados Unidos e do Mundo. O Single desse CD é “Dancing Choose”, talvez a mais agitada do CD, mas as minhas duas prediletas ainda são “Family Tree”, que é uma das mais suaves e mais bonitas pela melodia, e depois “Shout Me Out”, que simplesmente me agradou de todos os modos possíveis, talvez pelo fato de ter sido a primeira música que escutei do novo CD, ainda no MySpace, antes do CD em si ser lançado.

Espero que gostem da dica e segue o site oficial e o MySpace da banda, onde você pode encontrar a maioria das músicas, além do Last.fm deles, segue também o canal oficial da banda no YouTube!

~ por Juliana em março 29, 2010.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: